Rage Trunfo! FUUUU

On 15 de out de 2010 0 comentários

  
Eu que fiz essa porcaria =) 
Read more ...»

Zombies Ate My Neighbors

On 12 de out de 2010 5 comentários


Hoje é dia das crianças e feriado, mas não é feriado por causa do dia das crianças e... Deixa pra lá!

Semana passada no Twitter uma galera teve a ideia de criar um meme especial para o dia das crianças, uma galera de duas pessoas para ser mais especifico: @gagagames@GLStoque.
A proposta consiste em recomendar um retro jogo tendo como público alvo os ranhentos (ou crianças se preferir), no ato de ler a proposta eu perguntei para o meu irmão sobre a sua preferência em jogos antigos que apresentei para ele e um dos jogos citados é um jogo bem cult e talvez ninguém indique algo assim para uma criança, o jogo em questão é o horror trash Zombies Ate My Neighbors!
Cosplayer retro gamer!
Eu mesmo só conheci o jogo quando já tinha a idade desse cara ai na foto (na verdade eu tinha uns 13 ou 14 anos) através de emuladores, então não é um jogo que marcou minha infância ou me encantou de alguma maneira, mas nesses dias pensei como uma criança de 8 anos e é algo muito difícil para alguém que tem uma mentalidade de uma criança de 10, um pré-adolescente na verdade u_ú

Zumbis, brinquedos assassinos, Jasons e vizinhos virando fumaça... Eu não tenho medo de nada! 
Acho que é isso que uma criança sente ao jogar esse game, o jogo já começa de uma maneira bem "antigueira", apenas com as opções Start e Password em uma tela clássica de filmes de terror do tipo B, nada de um menu de opções para você escolher o level Very Hard, aqui é sangue no zóio!
Esse Zeke é um cara de sorte!
Entrando no jogo aparece uma tela para que você escolha um dos dois personagens do jogo, o loiro do cabelo doido com óculos 3D (Zeke) e a garotinha de boné vermelho (Julie), o jogo também pode ser jogado de modo cooperativo por 2 jogadores e esse foi o motivo principal de ter mostrado ele para meu irmão.

Depois disso uma tela com o nome da fase aparece dando um clima de filme ou episódio daquele seriado de contos de terror que passava na TV antigamente (não lembro o nome dele, mas minha mãe assistia), isso dá um clima legal logo de inicio, depois disso você já aparece no quintal de uma casa e cercado por zumbis, nenhuma introdução foi apresentada e você tem que agir por intuição aqui meu nego.

Algumas fuçadas rápidas você descobre que pode atirar e logo vê algumas pessoas normais (na verdade são mais estranhas que os zumbis) e que ao entrar em contato com essas pessoas elas desaparecem, mais tarde você acaba descobrindo que tem que resgatalas para passar de fase, ao todo são até 10 pessoas por fase e você tem a obrigação de salvar apenas uma para que possa seguir em frente, para que a busca por esses retardados seja mais fácil você pode contar com a ajuda de um radar.
Eu quero *-*
O jogo tornasse mais divertido a cada pequeno avanço, a cada momento as mais variadas armas vão surgindo e você poderá usar um extintor de incêndio para congelar os inimigos ou a bazuca para destruir algumas paredes ao invés de usar só para matar os inimigos por exemplo, temos também alguns itens como um João Bobo que é usado para distrair inimigos e uma poção que transforma seu personagem em um monstro incrivelmente forte, além das preciosas chaves utilizadas para entrar em lugares fechados, pelas fases existem passagens secretas, camas elásticas e piscinas que podem ser úteis em momentos de aperto!

Ao todo o jogo dispõe de 50 fases e dos mais variados tipos de inimigos retirados de filmes de terror, são zumbis, vampiros, aliens, lobisomens, bonecos com machados, caras com moto serras... Tudo isso com gráficos bem coloridos em mapas bem trabalhados com uma trilha sonora divertida, um jogo com tema de terror que não dá medo em ninguém e que pode agradar qualquer criança mais velinha e com um bom senso de aventura.



Blog novo, talvez ninguém leia essa porcaria mas ajudarei na divulgação para quem quiser ver outras recomendações:

Cosmic Effect - http://goo.gl/ZImT
Dimensão X - http://goo.gl/ujVS
Gagá Games - http://goo.gl/mQRB
GAMESPORTEMANIA - http://goo.gl/iBUg
GLStoque - http://goo.gl/6fFh
Museumdosgames - http://goo.gl/n1J6
Nota Zer0 Games - http://goo.gl/T662
O Gamer - http://goo.gl/H3Pq
Passagem Secreta - http://goo.gl/6ihS
Puff Puff Room - http://goo.gl/sKM8
Retroplayers - http://goo.gl/CL1U
Santuário do Mestre Ryu - http://goo.gl/v7xo
TheFourOn - http://goo.gl/gmaE
Vão Jogar! - http://goo.gl/AK37
Ziro Video Game Nerd - http://goo.gl/rfnT
Read more ...»

Já pensou?

On 11 de out de 2010 0 comentários


E se o Blue Man Group fosse uma banda moderninha?
Read more ...»

One Outs

On 0 comentários


No inicio eu torci o nariz por ser um anime voltado a esportes, até então animes de esportes me faziam lembrar de coisas sem noção dos tempos de Super Campeões (Captain Tsubasa) na TV Manchete. Mas One Outs fez com que eu mudasse meus conceitos e graças a isso acabei despertando interesse em animes esportivos, Eyeshield e Giant Killing que o digam.

O anime começa contando a história de Hiromichi Kojima, um astro do baseball japonês que conquistou tudo o que poderia como um jogador em 21 anos de carreira, na verdade quase tudo, nesses 21 anos o seu time nunca foi campeão e nos últimos tempos vem caindo pelas tabelas por culpa da direção do clube, pelo jeito não é um problema só do futebol brasileiro. Depois de alguns fatos ele acaba conhecendo um jovem chamado Tokuchi Toua (o fodão!) em um jogo de aposta conhecido como “One Outs”, após ver o talento do jovem Kojima o convida para jogar em seu time e é ai que começa a história de verdade!

Toua acaba fazendo um contrato absurdo com o Dono do time (é assim que chamam ele), o jovem ganhará 5.000.000 ienes por strike (arremessos certeiros) e perderá 50.000.000 por cada ponto perdido, o Dono do time faz alguns cálculos e vê que mesmo que Tokuchi Toua seja como o melhor arremessador da liga ele ficará com saldo 0 no fim das contas, ninguém esperava mas Tokuchi Toua mostra que não é como o melhor arremessador da liga, ele é muito melhor. Vendo o quanto de dinheiro poderia perder em seu contrato o Dono do time começa a inventar clausulas absurdas e até fornece ajuda aos times adversários para que Toua seja derrotado, o anime gira em torno das táticas criadas por Toua e da maneira como ele consegue controlar seus adversários como se fossem pequenos insetos.

Mesmo sendo um anime de baseball o anime tem “combates psicológicos” tão bons quantos os encontrados em Death Note, os dois primeiros episódios são meio chatinhos mas depois disso o anime mostra o seu potencial, pena que só tem uma temporada =/  

Read more ...»

You Probably Won’t Make It

On 0 comentários


Sim, o nome do jogo é esse e nem tente imaginar outro nome pois "você provavelmente não vai conseguir" chegar ao final desse jogo!

O jogo possui gráficos sensacionais que lembram muito os consoles da época "1 bit e meio", tudo o que for preto é background, os contornos em branco fazem parte do mapa e o vermelho é o sangue do seu personagem que é uma simpática bolinha. A jogabilidade é simples, você controla nosso magnifico herói utilizando apenas as "setas" do teclado, apertando a seta pra cima a bolinha dá um pulo e é aqui que vemos a inovação inovadora desse jogo (pasmem!) apertando novamente a tecla de pulo o personagem dá um incrível pulo duplo!!!

Outro ponto forte do jogo é a sua magnifica música (VegetarianMeat), que é magnificamente repetitiva e faz com que o jogador entre no clima do jogo e queira cometer suicídio como a bolinha após fracassar várias vezes na mesma fase! Sorte que quando você morre é possível ver o trajeto anterior e seguir corrigindo aonde você tinha errado (mas eventualmente você acaba morrendo antes), também aconselho a tomar um suquinho de maracujá ao invés de ficar horas empacado em uma fase que tinha o fundo preto e agora está coberta de vermelho.

Download
You Probably Won’t Make It

Abaixo o primeiro vídeo feito por um maluco que adora finalizar jogos do tipo, é engraçado ver a evolução dele no jogo e as diferentes reações a cada vez que ele morre, são diversos vídeos e eu me identifiquei bastante com ele xD
Read more ...»